Reforço Efetivo do Trilho em Condições Extremas

Nos pantanos com gelo permanente no subsolo da Rússia, as Geocélulas Neoloy® fornecem reforço da trilha, aumentando a capacidade de suporte, velocidade e cargas

Russian Railways (RZhD) é a companhia estatal de estrada de ferro da Rússia e é uma das maiores do mundo em termos de funcionários (1,2 milhões), tráfego, material circulante e de comprimento da pista.

Desafío: Reforçar Solos Suaves com Gelo Permanente

Em Arkhangelsk, província de RZD (ferrovias russas), o aterro de linhas férreas e a camada de suporte estrutural que atravessam o pântano com gelo permanente no subsolo estão sujeitos à deformação constante. As Geocélulas Neoloy foram implantadas para reforçar a fortalecer as camadas dos trilhos em seções “debilitadas” formando uma viga semi-rígida que fornece suporte rígido uniforme das camadas estruturais superiores e reduz o assentamento e a degradação acumulada causada pelo subleito fraco.

Solução com as Geocélulas Neoloy: Aumento da Velocidade e Cargas

Após a remoção do trilho e do balastro antigos, foram instalados 15 cm de Neoloy na camada do sub-balastro. O preenchimento consistiu de uma mistura de areia e cascalho, com 6-10 de preenchimento compactado. O preenchimento foi esvaziado de uma calha a vários metros de altura sem danificar as paredes rígidas das células. Uma nova camada de balastro de 60 cm, juntamente com novas travessas e trilhos foram colocadas nas camadas superiores.

O Supervisor Chefe do Centro de Avaliação Geotécnica da RZD, Vitaly Leonyuk, afirmou que: “a camada de sub-base de reforço da Geocélula Neoloy previne a deformação no aterro e nas camadas estruturais como resultado da carga dinâmica” e “permite que os trens passem sobre essas seções problemáticas em velocidades mais altas e em cargas de eixo mais pesadas”. A RZD planeja instalar 68 mil m2 de Geocélulas Neoloy para a recuperação de 13,6 km de vias problemáticas na região Norte.

estabilização da via férrea estabilização da via férrea

Benefícios para o cliente

Operacional: 40% de cargas mais pesadas e 30% mais rápidas.

Engenharia: aumento da capacidade de suporte, redução da espessura da camada estrutural, impedimento de atrito agregado.
Material: resistência a longo prazo à fadiga, oxidação, temperaturas extremas, UV.
Econômico: menores custos iniciais de construção, durabilidade de longo prazo do balastro e dos trilhos, maior segurança e confiabilidade, libera os orçamentos de manutenção para a construção de novas vias.