Recuperação de estradas em Condições Extremas

Em condições montanhosas e tropicais dos Andes, as Geocélulas Neoloy® permitram realziar uma recuperação de estradas que dobraram a vida útil do design.

Os petroleiros e equipamentos de construção pesada da Hocol Oil Company percorreram uma estrada de acesso/transporte não pavimentada de 18 km em direção às distantes plataformas de perfuração petrolífera da Cordilheira dos Andes da Colômbia, sobre subleito de arenito macio (CBR 3,9%) com declives de até 15%.

O clima tropical e a topografia íngreme submetem a estrada às forças erosivas severas. As fortes chuvas de inverno erodem os taludes laterais e aterros, que obstruem as valas de drenagem, causando ainda mais escoamento e a erosão da superfície. No verão, o sol quente resseca os solos e os materiais de preenchimento. Isso acelera a erosão e a perda de finos, gerando contaminação por poeira, o que deixa ainda menos da superfície da estrada.

Os caminhões-tanque de 150 toneladas tentam evitar de parar enquanto viajam pela montanha. No entanto, eles ficam presos com tanta frequência, mesmo na estação seca, que os tratores estão sempre de prontidão para rebocá-los. Constantemente são realizados reparos ao longo da rota.

Hocol precisava de uma recuperação efetiva para criar um estrada confiável e durável, incluindo taludes à beira da estrada, valas de drenagem e muros de aterro para que as operações sejam mais seguras, eficientes e econômicas.

estabilização-terra-colombia-sub1

estabilização-terra-colombia-sub2

 

 

 

 

Abordagem convencional

O design convencional do pavimento sobre subleitos macios requer grandes quantidades de agregado de qualidade, o que é caro de importar para esta remota região. O design da estrada também deve mitigar a erosão e o deslizamento do agregado para melhorar sua vida útil. Os taludes e aterros de Gabião, a pesar de serem eficientes, são caros para construir e reparar. As placas de concreto usadas para as valas de drenagem são facilmente fraturadas pelos caminhões. A logística e o custo para recuperar esta estrada usando métodos tradicionais são exorbitantes.

Solução com Geocélulas Neoloy

As Geocélulas Neoloy foram escolhidas devido à sua capacidade de resolver vários problemas de uma só vez, todos com preenchimento marginal local.

  • Estrada não pavimentada: o design melhorou a capacidade de suporte do subleito (> 5,7%) graças ao fator de melhoria de módulo do material reforçado com a Neoloy (MR = 42 MPa). A espessura do pavimento foi de 15 cm de Geocélulas Neoloy coberto com resíduos de pedreiras e com preenchimento da estrada falhada e 5 cm de preenchimento extra.
  • Proteção de taludes: as células Neoloy perfuradas com 7,5 cm de altura protegem os taludes contra a erosão, utilizando estacas âncoras para estabilização e o preenchimento superior do solo.
  • Muros de gravidade: foi utilizada uma células Neoloy perfurada de 20 cm de altura para os taludes íngremes instáveis ​​com preenchimento granular local e terra vegetal para as células da fáscia verde.
  • Valas de drenagem: foram construídos canais em V de 60 cm de largura (talude 1: 1) com geocélulas Neoloy de 7,5 cm de altura utilizando preenchimento de concreto para máxima proteção.

O resultado final foi a total satisfação do cliente e dos usuários. Os motoristas entrevistados no local ficaram surpresos com a forma pela qual as Geocélulas Neoloy melhoraram a condução dos veículos e seu controle da estrada. Os Caminhões que passavam sobre as seções reforçadas com a Neoloy simplesmente não ficavam presos.

BENEFÍCIOS PARA O CLIENTE

  • Estrutura do pavimento reduzida em 50%
  • O CBR da estrada aumentou 93%, de 18% para 34,8%
  • O rendimento da estrada melhorou (5 cm de limite permitido para os sulcos)
  • A vida do design duplicou: 10 anos em vez de 5
  • Maior fator de segurança, mesmo com aumento de 50% do tráfego
  • Sistema de drenagem confinado
  • Redução significativa de reparos e manutenção
  • Melhoria nas operações e eficiências de transporte