Diretriz para Determinar os Fatores de Melhoria e o Desenho das Geocélulas na Construção de Estradas, Holanda

A nova diretriz enfatiza as principais propriedades das geocélulas que são necessárias para o reforço da base de estradas

“As geocélulas devem ter as propriedades adequadas quando se trata de rigidez dinâmica, resistência à deformação plástica e resistência à tração…”

Esta norma publicada na Holanda é um excelente exemplo da crescente tendência de criar diretrizes normalizadas para o uso e desenho de geocélulas em todo o mundo. Cobre as propriedades materiais necessárias e os princípios de desenho que devem ser adotados para otimizar o desempenho do reforço geossintético de pavimentos e, principalmente, para as geocélulas.

Esta Diretriz foi escrita por uma equipe de especialistas do SBRCURnet (CROW), institutos holandeses altamente respeitados que desenvolvem diretrizes e normas nas áreas de engenharia civil, construção de estradas e engenharia de tráfego.

Um ponto-chave do documento é que a extensão do efeito do reforço ou da estabilização é determinada pelo material a partir o produto é fabricado e a geometri das geocélulas. As propriedades mais importantes do material são a rigidez elástica e a resistência à deformação permanente (fadiga). O limite de deformação plástica para os materiais sintéticos de reforço é definido como uma deformação baixa, por exemplo, inferior a 2%. A efetividade real do reforço de base é refletida no fator de melhoria do suporte (SIF) e no fator de melhoria do módulo (MIF).

Clique aqui para ver um resumo traduzido da diretriz
(Todos os direitos reservados para o SBRCURnet e CROW, NL)

Pontos Destacados da Diretriz

1. Rigidez elástica e resistência à deformação permanente: as propriedades mais importantes do material (parágrafo 1.2.4):
Além da estrutura da construção da estrada, a extensão do efeito do reforço ou a estabilização está determinada pela geometria e pelo material do qual o produto está feito. As propriedades mais importantes do material são a rigidez elástica e a resistência à deformação permanente (fadiga)… Os materiais que apresentam muita fadiga com o tempo perderão gradualmente sua capacidade de reforço.

2. Deformação acumulada permitida para as geocélulas: inferior a 2% (parágrafo 1.2.4)
…Portanto, este tipo de reforço de base só é eficaz se as deformações estiverem limitadas a, por exemplo, 0,5%. Uma distorção (alongamento) horizontal de 2% dos geossintéticos causará muitos centímetros de distorção vertical na estrada.

3. As principais propriedades da Geocélula determinam o fator de melhoria do reforço do pavimento (parágrafo 2.2.4):

O mecanismo da geocélula fornece um melhor ângulo de alongamento através do chamado “efeito viga” (veja a im. 2-6).

Tabela 2.5 – Propriedades globais das geocélulas de reforço*

PropiedadUnidadMétodo de pruebaValor
Módulo de rigidez dinâmica (líquido) (teste-DMA)MPaEN-ISO 6721-1 ASTM E2254**
Distorção plástica cumulativa (teste SIM)% m/mASTM D6992<3
Força de tração, parece celular não perfurada (larga)kN/mEN-ISO 1031920-29
Força de tração, parede celular perfurada (larga)kN/mEN-ISO 1031916-25
esistência UV e Oxidação (Tempo de Indução Oxidativa de Alta Pressão (HPOIT) a 150°CminutosASTM D5885> 400

*  valores disponíveis apenas para geocélulas com paredes celulares rígidas
** os valores dependem do uso

Benefícios

  • Principais Vantagens – rigidez elástica elevada, baixa fadiga, alta força de tensão
  • Melhor Distribuição de Carga
    • 80% menos sulcos
    • 70% de economia no preenchimento granular
    • Permite o uso de solo marginal para preenchimento
  • 5x Melhoria na Camada de Asfalto
    • 35% menos asfalto
    • 35% de economia nas camadas de base/sub-base
    • Permite o uso de RAP para preenchimento
  • Adjacent Layer Module Enhanced – Jump x7.6
    • transfers vertical forces for bending breaks and passive resistance.
  • Proven results – supported by 55 published works.
  • Guaranteed performance for 75 years
  • Excelente resistência periférica e rigidez – evita a deformação e aumenta a durabilidade
  • Zona de influência 3D – para maximizar o mecanismo de reforço
  • Alta resistência à fadiga – permite um desempenho confiável a longo prazo
  • Melhor transferência de carga – por reduzir os assentamentos de carga aplicados
  • Atrito reduzido dos agregados – das vibrações do tráfego
  • Sub-base distribui cargas de tráfego aplicadas – reduzindo assim as tensões verticais no subsolo
  • Estresses verticais mais baixos – aumenta a resistência do subleito e reduz a espessura das camadas estruturais
  • Custos de construção mais baixos – economias iniciais
  • Aumento na duração do pavimento – economia no ciclo de vida


Fale Conosco